Please enable JS

Blog

Aprenda o que é swot, ferramenta também conhecida como fofa

29 de maio de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Utilizada como ferramenta de planejamento estratégico na gestão de projetos, para analisar cenários e embasar tomadas de decisões, a análise se SWOT, ou FOFA, é muito utilizada pelas empresas que desejam implementar algum projeto, como o lançamento de um produto novo. Isso se deve pelo fato de proporcionar um diagnóstico completo da situação da marca e dos ambientes que estão no seu entorno.

Mas, afinal de contas, o que é SWOT?

SWOT é uma sigla formada pelas palavras Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats que, em português, leva a abreviação FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças). Sendo que, forças e fraquezas se referem à análise interna, com pontos positivos e negativos da empresa ou do projeto em planejamento. Isto é, fatores que, em sua maioria, estão sob controle da marca e podem ser modificados.

Por outro lado, o ambiente externo analisado nas oportunidades e ameaças não pode ser interferido. Eles englobam desde análise de mercado, concorrência, fornecedores até o macroambiente político, econômico, social e cultural. O resultado da análise desses fatores gera uma matriz 2×2, chamada de Matriz SWOT, que divide os quatro resultados de análise entre fatores internos/externos e positivos/negativos. Dessa forma, é obtido um panorama completo dos fatores que podem determinar o sucesso do seu projeto.

O que é SWOT: análise de ambiente interno

No ambiente interno é possível ter o controle de tudo que envolve o projeto, como a capacidade intelectual, tecnologia utilizada, ações de comunicação e marketing, bem como cultura organizacional, gestão, entre outros elementos. Como dito anteriormente, dentro do ambiente interno, deve-se analisar as forças e fraquezas. Por isso, você precisa avaliar critérios como:

  • Localização;
  • Tempo de mercado;
  • Reputação;
  • Recursos financeiros;
  • Recursos humanos, as competências específicas da equipe;
  • Marketing/mídia;
  • Gestão;
  • Acesso à matéria-prima;
  • Capacidade de operação;
  • Ativos como imóveis, materiais e equipamentos (qualidade da tecnologia);
  • Atendimento;
  • Produção;
  • Criação;
  • Relacionamento estratégico com grandes empresas;
  • Tráfego, o portfólio dos clientes.
  • Forças

Em forças, deve-se analisar as vantagens e os diferenciais que o seu negócio e/ou projeto tem em relação aos concorrentes. Apure internamente também qual a disponibilidade de recursos para a manutenção dos serviços ou produtos. Tudo isso te proporcionará um embasamento sólido.

Fraquezas

Com relação às fraquezas, trace todos aqueles aspectos que podem ser ruins para o negócio, como altos custos com transportes, colaboradores com valor/hora mais cara. É muito importante também não se esquecer de incluir suas fraquezas em relação ao concorrente, que pode ser menos atividade nas redes sociais, entre outros fatores.

O que é SWOT: Análise de ambiente externo

Neste tópico estão questões relacionadas à política, macroeconomia, desastres ambientais, taxa de juros e concorrência. Com isso, é essencial que a empresa esteja atenta a tudo que envolve o mercado no qual está inserida. A análise SWOT relacionada ao ambiente externo, de modo geral, envolve:

  • Clientes (comportamento, poder de barganha e outras coisas);
  • Fornecedores (seu poder de negociação e o deles, por exemplo);
  • Concorrentes (diretos e indiretos);
  • Barreiras de entrada para os que estão começando agora (quais são elas, como podem atrapalhar);
  • Substitutos (soluções alternativas que existem para seus clientes e se há ameaças sérias);
  • Intermediários (quais existem no segmento, o poder de barganha deles);
  • Entidades de classe (como se organizam e se têm poder de pressão).
  • Macroambiente é outro fator indispensável para análise de SWOT

O macroambiente se refere a tudo que está além da empresa e do segmento. Por isso, é importante analisar o que os índices econômicos têm a dizer, as tendências sociais e como esses aspectos influem sobre sua marca. Confira alguns exemplos:

  • Projetos de lei, governantes no poder, correntes ideológicas (política e legislação);
  • Inflação, níveis de consumo e renda média da população (economia);
  • Índice de natalidade e grau de escolaridade médio da população (demografia);
  • Novas tecnologias, processos operacionais, automação;
  • Crenças, valores, costumes e hábitos de consumo (sociedade e cultura);
  • Escassez de matéria-prima, catástrofes, aumento da poluição (meio ambiente).

Oportunidades

Aqui se deve listar tudo aquilo que, de alguma forma, é positivo para o cliente, como crescimento econômico, aumento de interesse por determinado serviço e/ou produto, bom momento da marca etc.

Ameaças

Por último temos as ameaças, cenário no qual se concentram todos os fatores desfavoráveis para a empresa. Aqui também é importante fazer um balanço em relação às perdas que estão em jogo. Muitos prejuízos podem ser prevenidos nesse quadrante da matriz.

Quais as principais vantagens da matriz SWOT?

Uma análise sólida de SWOT não é feita em pouco tempo, pode-se levar semanas para levantar dados e traçar uma linha de raciocínio inteligente a partir deles. No entanto, vale dizer que essa ferramenta pode trazer respostas não apenas para projetos que darão certo, mas também para evitar a execução de ideias que seriam catastróficas para a marca e sua reputação. Não é à toa que se trata de algo tão popular entre empresários.

Faça um brainstorm com sua equipe e transforme a matriz 2×2 em estratégia. Dela virão conclusões acerca da posição estratégica da marca, potencial de melhoria dos produtos e serviços, insights para solucionar problemas e novos serviços, prioridade de ações, bem como promoção de parcerias que até então nem seriam cogitadas.

Fonte: Alliance Comunicação

Imagem: Negócio foto criado por rawpixel.com – br.freepik.com

Posts relacionados

Entenda como a satisfação do cliente pode aumentar a sua receita

10 de julho de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

10 ferramentas para conseguir informações valiosas sobre seus concorrentes

9 de julho de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Marketing inclusivo mescla inovação com experiência mais humana

8 de julho de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Love Brands: o que é e como projetar uma?

7 de julho de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

O que é matriz GE e como ela pode ser usada pela minha empresa?

29 de junho de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

8 dicas para seu e-commerce ter sucesso em meio à pandemia e se destacar nas buscas do Google

26 de junho de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

abc