Please enable JS

Blog

conversa

Coronavírus: como o RH deve lidar com a pressão?

1 de abril de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO

Independente de sua origem, um momento de crise trás muitas inseguranças para todos os setores da empresa. Desde o CEO até os colaboradores recém contratados, é natural que o cenário crítico gere decisões e incertezas que aumentam a sensação de insegurança. Como um setor estratégico, o RH deve lidar com a pressão no trabalho em meio as circunstâncias.

O capital humano é fundamental para o crescimento e estabilidade de qualquer empresa, por isso, compreender que as pessoas que estão na organização em momentos difíceis são exatamente as que vão garantir o futuro e a retomada do crescimento da empresa após cenários de crise é essencial.

Em cenários de crise, a tomada de decisão torna-se muito mais impactante e, por isso, o RH precisa ganhar protagonismo. Ter ferramentas que auxiliem nessa gestão de crise e na compreensão sobre cada um dos colaboradores passa a ser de grande importância.

O novo coronavírus trouxe dificuldades que poucas empresas conseguiam prever. Por isso, entender como o RH deve lidar com a pressão do trabalho em momentos de crise como esse é essencial, continue a leitura!

Entendendo a gravidade do cenário
O COVID-19 é uma doença que alterou a realidade e o dia a dia da maioria dos países. São poucos os Estados nacionais que não apresentaram um caso da enfermidade, por isso, entender o que é o novo coronavírus é o primeiro passo para um RH bem informado.

Com primeiro caso registrado na China, em novembro de 2019, o número de casos de pessoas contaminadas com o vírus cresceu de forma assustadora em países da Ásia, Europa, Oceania, Américas e África. Em 2020, todos os continentes registraram números de enfermos e mortos por conta do novo corona.

No Brasil, o Ministério da Saúde propôs diferentes ações para diminuir o contato próximo entre a população, a principal forma de contágio da doença. A maioria das pessoas adotaram a quarentena — não apenas no Brasil —, promovendo um isolamento social.

O coronavírus causa crises respiratórias agudas, atingindo os pulmões em um quadro que pode ser próximo de uma pneumonia (nos casos mais sérios).

Com o isolamento social, muitas empresas são afetadas com rendimentos e investimentos que precisam ser realocados. O cenário que pode se estender por meses, precisa ser levado em consideração, alterando todo o planejamento estratégico traçado para 2020.

Lidar com pressão em cenário de quarentena

O cenário de quarentena e isolamento social já é uma medida adotada por diversos países. A Itália, por exemplo, resistiu a adotar ações que minimize o contato humano e sofreu com números altos de contaminação.

O isolamento, porém, não é uma ação que traga pleno estado de saúde mental para todas as pessoas. Acostumados a interagir uns com os outros, ficar meses dentro de casa — sem poder sair como antigamente — pode trazer ansiedade e nervosismo.

Além disso, como qualquer cenário de mudança, há resistência e dificuldade de adaptação. O RH, precisa assumir o protagonismo nesse ambiente, visto que o bem-estar dos colaboradores é uma das ações primordiais do setor de recursos humanos.

Algumas dicas podem ajudar o RH nesse momento:

Faça um novo planejamento estratégico
Quando não se há um plano, as coisas ficam bem mais difíceis de serem alcançadas. Pensando nisso, a primeira atitude para garantir que a crise será menos impactante possível é restabelecer o planejamento estratégico.

Conseguir traçar metas para a empresa é fundamental, principalmente em momentos de crise. É preciso redesenhar os objetivos, considerando o cenário apresentado de dificuldade financeira.

Cada empresa deve refletir sobre a sua realidade, pensando em como a pandemia do novo coronavírus pode afetar o fluxo de caixa? A vida dos colaboradores? A infraestrutura da organização? O número de vendas e possíveis cancelamentos? A marca?

Tendo essas respostas, o RH poderá agir de forma mais estratégica possível, conseguindo elaborar planos de atividades que impactem a vida dos colaboradores, clientes e todas as pessoas envolvidas com a organização — direta e indiretamente.

Adote atividades para flexibilizar o trabalho
Se sua empresa está com processos bem estabelecidos e utiliza a tecnologia como aliada fica mais fácil adotar ações como a modalidade do home office. Por meio dele, os colaboradores podem manter-se conectados com o trabalho sem a necessidade de locomoção e aglomeração.

É possível ter diferentes estratégias — considerando cada um dos perfis comportamentais — para garantir a produtividade e o bom funcionamento do home office, garantindo a produção e as entregas.

Por outro lado, caso sua empresa não possa oferecer a modalidade home office — por qualquer motivo —, existe a possibilidade de flexibilizar a jornada de trabalho. A fim de evitar a aglomeração, a empresa pode organizar os turnos dos colaboradores, separando-os da forma mais proporcional possível.

Tanto o home office, como a flexibilização da jornada de trabalho ajuda na não concentração de pessoas não apenas na empresa, mas também no transporte, no trânsito e na locomoção.

Conheça o perfil comportamental do colaborador
Cada pessoa reagirá de maneira diferente nesse momento de crise. A pressão age de formas diferentes considerando o perfil comportamental de cada um dos colaboradores. Comunicadores, executores, analistas e planejadores vão ter uma percepção diferente desse momento, por isso, o RH precisa investir no conhecimento.

Momentos de pressão podem ser bastante desafiador para pessoas com perfil predominantemente comunicador e executor, pois eles são intuitivos e não conseguem raciocinar sobre todas as possibilidades em torno das ações, agindo de maneira rápida.

Planejadores e analistas são perfis que consideram as nuanças, pensando nos impactos futuros que virão com o cenário de crise. Projeção do futuro e processos bem estruturados são importantes para ambos.

Há nuanças entre os quatro perfis, por isso, investir no conhecimento das complexidades e particularidades dos colaboradores é fundamental para um momento de tantas incertezas.

 

Fonte: Blog Sólides
Imagem: Negócio foto criado por yanalya – br.freepik.com

Posts relacionados

O estresse no trabalho ficou pior na pandemia? Entenda os sinais de alerta

O estresse no trabalho ficou pior na pandemia? Entenda os sinais de alerta

20 de outubro de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO
Autoconhecimento e trabalho

Autoconhecimento e trabalho

19 de outubro de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO
O que são grupos de afinidade

O que são grupos de afinidade

16 de outubro de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO
4 dicas para fazer uma transição de carreira para o mercado financeiro bem-sucedida

4 dicas para fazer uma transição de carreira para o mercado financeiro bem-sucedida

15 de outubro de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO
Estas são as 12 competências para se destacar em qualquer profissão

Estas são as 12 competências para se destacar em qualquer profissão

14 de outubro de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO
Vagas focadas em um grupo racial ou étnico são uma violação trabalhista?

Vagas focadas em um grupo racial ou étnico são uma violação trabalhista?

9 de outubro de 2020 / Carreira / por Comunicação Krypton BPO

abc