Please enable JS

Blog

compras-online

Os desafios de vender na era digital

25 de junho de 2019 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Vivemos numa conjuntura onde não fazemos nada (ou quase nada) sem tecnologia – seja com recurso a telemóveis, computadores, robôs ou outras máquinas e dispositivos dotados de inteligência artificial. Nos últimos anos, o ser humano habituou-se a estar sempre online, dependendo da tecnologia para a mais rotineira das tarefas do seu dia-a-dia: seja para ver a meteorologia, consultar as notícias do dia ou verificar o estado do trânsito para voltar do trabalho a casa. Vivemos na chamada era digital.

Ora, todas as mudanças que têm acontecido nos últimos anos no panorama social têm também tido um reflexo no contexto empresarial onde os gestores das grandes marcas (e pequenas também) marcas tiveram que se ajustar para conseguir continuar a vender os seus produtos. É um dos principais desafios desta era: como conseguir vender?

A nova vida para os comerciais
Um dos papéis que mais se tem alterado com a transformação digital é o do comercial, o profissional de uma empresa responsável pelas vendas, pela angariação de novos clientes e ainda a fidelização dos clientes já existentes.

A verdade é que esta nova fase e forma como as vendas se processam faz com que os comerciais tenham uma imensidão de novos dilemas com os quais lidarem. A internet trouxe não só um maior número de potenciais consumidores da marca como também um maior número de concorrentes e formas de vender, nomeadamente o e-commerce, que rompeu as barreiras da venda tradicional física e em loja.

Desta forma, os comerciais têm de conseguir adaptar-se a um volume de trabalho bastante superior àquilo que estavam habituados anteriormente, bem como a terem de criar novas estratégias para conseguirem ultrapassar os seus competidores diretos na conquista e na estratégia de retenção do cliente.

A automação de processos
Outra grande mudança que a era digital veio trazer na perspectiva de vendas foi a automação de processos. A inteligência artificial veio ajudar a simplificar e a realizar tarefas monótonas e repetitivas (controle de pedidos, encomendas e tratamento de dados), agilizando os processos de trabalho dos profissionais das vendas e libertando-os para dar atenção personalizada a cada cliente.

Paralelamente, torna-se fundamental desenvolver as competências genuinamente humanas como a criatividade, o pensamento inovador e a capacidade para estabelecer relações interpessoais… Capacidades que as máquinas não conseguem replicar e que, por consequência, vão ser cada vez mais valorizadas no futuro.

A importância da aprendizagem continuada
Se vivemos em tempos onde tudo à nossa volta se está transformar, é essencial que consigamos acompanhar (ou, quem sabe, antecipar) esta tendência. Para isso, nada é mais importante que aprender o máximo possível sobre esta nova era na comunicação e marketing das empresas.

Assim, um profissional da área das vendas não pode, em pleno 2019, achar que já sabe tudo o que tem a saber sobre a sua profissão porque, como temos visto, é uma área em constante transformação e reinvenção. Logo, para que os profissionais das vendas não fiquem para trás, é importante estarem atentos ao que os rodeia e apostar em formações de vários tipos, principalmente sobre as novas ferramentas e linguagens digitais que têm sido desenvolvidas e que serão fundamentais para vencer no mercado de trabalho do futuro.

Inovar é a chave para ter sucesso
Como visto anteriormente, uma das transformações que a era digital trouxe foi uma maior competitividade do mercado bem como um claro excesso de informação para o consumidor, que tem agora acesso a um conjunto renovado de conteúdos e anúncios sobre marcas e produtos, seja offline ou, cada vez mais, no universo online e seguindo uma estratégia multicanal.

Desta forma, se as marcas querem fazer-se notar num mercado tão saturado e competitivo, precisam de primar pela inovação, por “saírem da caixa” e mostrarem criatividade no modo como chegam ao consumidor, ganham a sua preferência e conseguem estabelecer com ele uma ligação emocional de fidelização continuada. Têm de criar impacto e valor único acrescentado.

Fonte: Blog Marketing Vendas
Imagem: Designed by mindandi

Posts relacionados

O novo papel dos recursos humanos nas organizações

13 de julho de 2020 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO
Por que é tão importante o controle das finanças pessoais?

Por que é tão importante o controle das finanças pessoais?

9 de julho de 2020 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Banco do Brasil atinge R$ 3,3 bi em empréstimos no Pronampe em dois dias

9 de julho de 2020 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

WhatsApp Pay, PIX e o futuro da guerra das maquininhas

8 de julho de 2020 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Focus: Mercado financeiro vê contração de 6,50% para o PIB neste ano

7 de julho de 2020 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Investidores que moram no interior ganham espaço na B3

6 de julho de 2020 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

abc