Please enable JS

Blog

Redes sociais: como utilizá-las em sua estratégia de marketing digital?

Redes sociais: como utilizá-las em sua estratégia de marketing digital?

20 de outubro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

O que você faz quando quer saber mais informações sobre uma empresa? A maioria das pessoas pesquisam referências sobre ela nas redes sociais. Procuram saber qual a avaliação da marca, de que maneira a organização trata os seus clientes e aproveitam para conferir se existem conteúdos interessantes que os ajudem a saber mais sobre os produtos e serviços oferecidos.

Já faz muito tempo desde que as redes sociais deixaram de ser apenas espaços de relacionamento entre pessoas e passaram a ser também entre empresas. Isso pode ser perfeito para sua marca, desde que você tenha uma boa estratégia de Marketing Digital.

O que são redes sociais?

Redes sociais são plataformas criadas dentro ou fora da internet, por pessoas ou organizações que se conectam de acordo com seus interesses e valores, com objetivo de compartilhar informação.

Redes sociais e Inbound Marketing

As redes sociais são um canal de relacionamento direto, personalizado e humanizado com a sua audiência. É nele que a sua equipe colocará em prática aquele Marketing que emociona, conquista e, muitas vezes, fideliza — criando uma boa imagem da sua marca e encontrando potenciais clientes.

O relatório Digital in 2019, da We Are Social e da Hootsuite, revelou que 81% dos brasileiros acima dos 13 anos estão ativos nas redes sociais, valor acima da porcentagem mundial de 58%. Além disso, no Brasil, posts no Facebook têm uma taxa de engajamento de 4,22%, enquanto no resto do mundo a média é de 3,75%.

Por isso é tão importante alinhar as suas estratégias de redes sociais e Inbound Marketing. Cada vez mais as pessoas estão conectadas à internet, lendo notícias, atualizando suas redes, consumindo conteúdos e muitas outras atividades.

Relembrando a metodologia do Inbound Marketing

Durante muito tempo, as estratégias de Marketing eram focadas em ofertas generalizadas para um grande número de pessoas. As empresas prospectavam seus clientes por meio de anúncios quase invasivos que os interrompiam e os obrigavam a ver aquela oferta. Igual quando estamos assistindo a um filme e começa um comercial.

No entanto, com o avanço do digital e a capacidade de carregar o mundo todo em um smartphone, o público vem mudando e essas técnicas antigas já não têm o mesmo efeito de antes. Isso fez surgir novas necessidades e, com isso, um novo conceito de Marketing nasceu, chamado de Inbound Marketing.

Diferentemente do modelo antigo, o intuito do Marketing por atração é conquistar o interesse do público do modo mais natural possível. Para isso, o Inbound Marketing conta com uma metodologia inovadora. A estratégia é fazer com os usuários encontrem as empresas por meio de conteúdos disponíveis na internet de maneira quase orgânica.

Utilizando o Inbound Marketing nas redes sociais

A metodologia do Inbound Marketing é formada por quatro etapas principais: atrair visitantes, convertê-los em leads, transformá-los em clientes e fidelizá-los para que se tornem verdadeiros promotores da sua marca. Em todas essas ações, as redes sociais são fundamentais para o sucesso da estratégia.

Como percebemos, o número de pessoas online nas redes sociais é gigante. A todo momento há usuários atualizando o seu feed de notícias do Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e tantas outras redes. Assim, tudo o que você precisa é levar o seu conteúdo até essa audiência e despertar a atenção deles para o seu negócio.

Para isso, é fundamental propagar conteúdos criativos, como blog post, infográfico, vídeos animados ou qualquer outra opção que sejam interessantes para o seu público. No entanto, para que o seu material chegue exatamente nas pessoas certas, é preciso uma boa estratégia de Marketing Digital — falaremos mais disso a seguir.

Redes sociais e Marketing Digital

Você já leu sobre a importância das redes sociais para a sua estratégia de Inbound Marketing, então chegou a hora de entender como utilizar o Marketing Digital nas plataformas e potencializar o seu negócio. Confira!

Escolhendo as redes sociais da sua empresa

Imaginamos que a essa altura você sabe a importância de investir em redes sociais. No entanto, uma dúvida ainda deve estar passando pela sua cabeça: qual a melhor rede social para sua empresa?

Você provavelmente já leu em algum lugar que o Facebook é essencial para seu negócio, ou que o Instagram é a melhor opção para mostrar produtos, ou se você deseja um público mais profissional, o LinkedIn é o lugar certo. Será que é tão simples assim? Na maioria das vezes, não. Por isso, aqui vão alguns passos fundamentais para você ser certeiro em suas escolhas.

Pergunte aos seus clientes

A melhor maneira de escolher em quais redes focar é descobrindo em quais plataformas os seus consumidores estão. O caminho mais curto e certeiro de fazer isso é perguntando a eles. Você pode perguntar quando encontrá-los pessoalmente, mandar um formulário por e-mail, fazer uma pesquisa na sua loja ou até mesmo ligar para alguns clientes mais próximos.

Faça uma pesquisa anônima

Sabemos que nem sempre é possível falar com o seu cliente, especialmente em mercados sensíveis como saúde e finanças. Um modo simples de superar essa barreira é apostar nas pesquisas anônimas para saber quais são as redes sociais preferidas dos seus consumidores. Listamos três ferramentas que você pode utilizar para criar os formulários e enviá-los:

  • Google Forms;
  • Survey Monkey;
  • Typeform (em inglês).

Analise o compartilhamento do seu blog

O seu blog é capaz de oferecer muitos dados sobre redes sociais. Basta você olhar em quais plataformas o seu conteúdo está sendo mais compartilhado. Por exemplo, se ao verificar o número de compartilhamento de uma postagem, o resultado foi:

  • Twitter: 256;
  • Facebook: 41;
  • LinkedIn: 305;
  • Pinterest: 0.

Nessa análise, fica claro que o Pinterest não é tão interessante para o negócio e que o Twitter e o LinkedIn são boas opções.

Veja onde os seus concorrentes estão

Usando ferramentas de análise como a Social Mention, é possível ver em quais redes sociais seus concorrentes estão e observar suas atividades. O programa rastreia menções às marcas — nesse caso, você pode usá-lo para avaliar também o que está sendo dito sobre a sua marca e como as pessoas a mencionam. Outra ferramenta excelente é o Hootsuite, a ferramenta tem integração com mais de 35 redes sociais.

Definido a sua rede social, é hora de planejar a sua estratégia. Um passo essencial é o conteúdo, afinal, é ele quem vai atrair e entreter o seu público. Para isso, entender de Marketing de Conteúdo pode ser essencial para o sucesso do seu negócio.

Redes Sociais e Marketing de Conteúdo

Um erro comum de muitas marcas ao começarem sua estratégia nas redes sociais é pensarem que alguns post programados no Facebook é o suficiente para ter uma presença digital.

Essa é uma visão errada e muito trivial do que realmente é praticar o Marketing de Conteúdo. Para você ter noção da força das redes sociais, trouxemos alguns dados:

  • 2,5 bilhões de usuários ativos no Facebook;
  • 80 milhões de páginas de empresas e personalidades no Facebook;
  • todos os dias são postados mais de 500 milhões de tuítes;
  • o Twitter tem 340 milhões de usuários ativos;
  • o Instagram conta com mais de 1 bilhão de usuários ativos e mais de 20 milhões de fotos compartilhadas;
  • 6 bilhões de horas de vídeo são vistas mensalmente no YouTube;
  • o Brasil é o terceiro maior público do LinkedIn;
  • há cerca de 30 milhões de brasileiros usando o LinkedIn.

Outro dado valioso para convencer você do potencial das redes sociais é este: 80% dos brasileiros pesquisam um produto antes de efetuar a compra. Isso significa que existe a chance de influenciar a decisão de compra de um usuário no exato momento em que ele está procurando por um produto ou serviço como o seu.

Isso é Marketing de Conteúdo. É você estar preparado e munido de materiais ricos para transformar uma pessoa em um lead exatamente quando ela tem interesse em comprar. Então, mantenha-se relevante nas redes sociais com conteúdos interessantes para o seu público. Assim, quando ele achar a sua empresa, você estará pronto para transformá-lo em um cliente.

Criando conteúdos de qualidade

O primeiro passo para criar um bom conteúdo é conhecer muito bem o seu público. Saber o que ele gosta, em quais plataformas estão e quais assuntos são do seu interesse. Para isso é essencial definir e conhecer a sua persona. Se você não sabe como criar uma, acesse este conteúdo e descubra agora.

A segunda dica é seguir a regra Cocktail Party. Imagine que você está em uma festa, as pessoas mais interessantes e que chamam mais atenção não são aquelas que só falam de si mesmas. Para atrair o seu público nas redes sociais, o princípio é o mesmo: você não precisa falar apenas do seu negócio, pois compartilhar informações de outras fontes também é uma boa estratégia.

Na hora de produzir um conteúdo para rede social, é fundamental se perguntar: este material é realmente relevante para meu público? Sendo que relevante é aquela postagem (seja texto, vídeo, gif, imagem etc.) capaz de responder uma dúvida ou atender uma necessidade do usuário no momento exato da sua dúvida.

Outro ponto é personalizar o seu conteúdo para cada rede social. Criar mil postagens iguais não farão a sua estratégia ser melhor, pelo contrário. Lembre-se que, na maioria das vezes, o usuário que está no Facebook também está no Instagram. Suas redes sociais precisam ser complementares.

Não se esqueça de interagir com os seus seguidores, seja o mais próximo possível da sua persona. Ao responder os comentários, você cria um engajamento com o público e, assim, fortalece a comunicação.

Imagine aquela pessoa famosa que você segue. Como se sentiria caso ela respondesse aos seus comentários? Com certeza teria mais admiração por ela depois disso, não é? Com o seu público a regra é a mesma. Quando o usuário é respondido, ocorre maior proximidade com a sua marca. Isso, sem dúvida, possibilita que a pessoa volte a sua página mais vezes.

Abaixo trouxemos algumas dicas para redes sociais sobre como criar conteúdos criativos e adaptados às especificidades de cada plataforma. Continue a leitura para se tornar um mestre na gestão de redes sociais.

Facebook

O grande diferencial do Facebook é o seu potencial enorme para negócio. Nessa plataforma é possível criar páginas empresariais, anúncios pagos e segmentados, ter um canal direto de contato e engajamento com a sua audiência.

Uma estratégia interessante para aplicar na rede é monetizar o tráfego do Facebook com o Messenger. Isso porque usar esses canais juntos faz com que eles tenham um resultado melhor. Ou seja, Facebook + Messenger = dinheiro.

Para fazer isso, você precisa usar o “Comment-to-Messenger”. Nela, o usuário precisa apenas comentar um termo específico em uma das suas postagens no Facebook e um chat do Messenger se abrirá para ele, mesmo que esse seja o primeiro contato da sua marca com aquela pessoa.

O problema é que essa rede social tem reduzido o alcance orgânico cada vez mais. Ainda assim, é possível conquistar um bom número de acessos gratuitos. Para isso, você deve investir em conteúdos únicos, atrativos e diferenciados, para que eles seduzam o seu público-alvo.

Melhores conteúdos para o Facebook

Dentre todas as redes sociais, o Facebook é a que permite o uso mais variado de tipos de conteúdos. Só é importante entender quais são mais atrativos para sua persona para que você não perca tempo e nem o interesse dela.

No geral, os conteúdos mais atrativos para o Facebook são artigos escritos, imagens, checklists e vídeos. Mas você também pode utilizar essa rede social para promover seus podcasts e outros materiais ricos.

Para entender o que faz mais sentido para o seu público, você pode usar os relatórios disponibilizados pelo próprio site. Neles é possível saber quais posts estão tendo mais acessos, curtidas e compartilhamentos. No entanto, tenha cuidado: métricas de vaidade (curtidas e compartilhamento) são bacanas para dar um norte do que o seu público gosta, mas não ajudam a ganhar dinheiro de fato.

Instagram

O Instagram é a uma das redes sociais que mais está crescendo. Só no Brasil existem mais de 600 milhões de usuários ativos e somos o terceiro país que mais acessa a plataforma. O principal público da rede é composto por jovens entre 18 e 35 anos. Portanto, se esse for o público-alvo da sua empresa, o Instagram é uma grande oportunidade.

Essa plataforma é focada no visual, por isso o seu planejamento deve conter vídeos interativos e imagens de alta resolução. Isso não significa postar apenas fotos bonitas, mas preparar materiais de boa qualidade. Por exemplo, o tamanho e o formato da imagem podem afetar a sua resolução.

Dicas para conseguir mais seguidores

Caprichar nas fotos é essencial para atrair a atenção do seu público, porém existem outras táticas também, como fazer boas legendas e abusar das hashtags. Mas calma, antes de sair por aí colocando mil hashtags, faça uma pesquisa sobre quais têm relação com a sua persona, o que está em alta e qual o melhor termo para usar.

O Instagram é uma das redes sociais mais interativas, então faça a sua audiência se engajar com as suas publicações. Formule perguntas, enquetes, sorteios, peça comentários e não se esqueça de responder e cumprir com o que prometeu.

Além disso, use fotos de pessoas, pois elas tendem a ter 35% mais engajamento do que aquelas de paisagem ou produtos sem ninguém. Pense em um cenário e monte uma história que atraia o interesse do usuário. Por fim, não se esqueça de analisar os dados do Instagram, porque eles podem trazer bons insights do que está funcionando ou não.

LinkedIn

O LinkedIn teve um expressivo crescimento nos últimos anos. A rede social é focada, principalmente, em contato profissionais e empresarial. Atualmente já conta com mais de 380 milhões usuários e o Brasil é o terceiro país mais ativo na plataforma.

As estratégias nessa rede social podem ser focadas em fazer negócios, promover sua marca ou mesmo se posicionar como autoridade. No caso das empresas B2B, a presença no LinkedIn é ainda mais fundamental.

No entanto, é válido lembrar que a plataforma é uma rede de networking, por isso não são bem-aceitos conteúdos que não têm relação com o mundo empresarial. Os temas mais falados são contratação, produtividade, empreendedorismo, inovação, RH, liderança, entre outros.

Como se destacar no LinkedIn?

Uma boa estratégia para ganhar atenção no LinkedIn é ter um planejamento de artigos relevantes para o público da rede, incluindo guest post — conteúdos trocados com parceiros, assim cada perfil publica um artigo produzido pelo outro. Essa técnica dá maior visibilidade a ambos e fortalece o link building.

Participar de grupos de discussão no LinkedIn também é uma forma de construir relacionamentos profissionais, aprender novas técnicas e se informar sobre as principais tendências do mercado. Além disso, muitas vezes é possível conseguir novos clientes e promover serviços e produtos.

Twitter

O Twitter é conhecido por ser uma rede social rápida. O que isso quer dizer? Você já deve conhecer ou ouvido falar dos “tweets”. São postagens de no máximo 140 caracteres, que servem para atualizar ou informar sobre algo de forma rápida e objetiva. Por isso, muitos usuários utilizam a plataforma para escrever coisas sobre sua rotina pessoal.

Mas o Twitter também é muito usado para dar notícias de hora em hora, comentar sobre política, futebol e diversos outros temas. Algumas marcas também utilizam o atendimento ao cliente em redes sociais para entender a percepção do seu público sobre os produtos e serviços por meio do rastreamento de menções.

Dicas para usar o Twitter de forma eficaz

O Twitter tem mais 300 milhões de usuário e mais de 500 milhões de postagens diárias. Ou seja, é uma rede extremamente ativa e se você está nela também precisar ser. Siga as pessoas, retweet, favorite seus tweets e acompanhe os trending topics — assuntos mais falados na rede social.

Diversifique os conteúdos, aposte em vídeos, enquetes e fotos. Além disso, use as hashtags para aumentar o alcance das suas públicas. Uma boa aposta é utilizar de temas em alta para criar tweets criativos e engraçados.

Responda todas as menções e mensagens que receber, afinal, a grande marca do Twitter é a interação ágil e fácil entre usuários. Não foque em vendas, mas em construir um relacionamento com o seu público e gerar valor para ele.

YouTube

O YouTube vive um verdadeiro “boom”. Muito disso se deve a crescente presença de youtubers e blogueiros. Para você ter uma ideia, mais de 5 bilhões de vídeos são assistidos todos os dias. Em média, as pessoas passam cerca de 40 minutos visualizando um conteúdo na plataforma.

O potencial dessa rede social é tamanho que existem pessoas que vivem apenas de seus vídeos publicados. Da mesma forma, a sua empresa pode monetizar os seus vídeos e garantir uma grande receita por meio do YouTube.

Melhores conteúdos para o YouTube

O YouTube permite uma variedade de conteúdos e dinâmicas diferentes. É possível criar playlists, comunidades, guest post, fazer parcerias e muito mais. Por isso, fuja da mesmice, aposte em materiais diferentes e interativos. Responda os comentários deixados e peça dicas para novos vídeos.

Na hora de criar os seus vídeos, teste qual formato funciona melhor para sua persona. Trabalhe o storytelling entre cada material, criando uma necessidade do usuário de voltar ao seu canal para assistir mais e saber a continuidade da história. Invista em maneiras variadas de engajar o seu público e aumentar a sua audiência.

Tentamos resumir aqui as principais oportunidades que você pode ter ao fazer marketing nas redes sociais. É claro que muitos itens precisam ser aprofundados para gerar mais resultados. O que é necessário ter sempre em mente é que esses são canais importantes para engajar com o seu público, aumentar o reconhecimento da sua marca e gerar oportunidades de negócio.

Fonte: Husbspot

Posts relacionados

reunião

Você sabe o que é Análise de Cohort e como utilizar para melhorar a experiência do cliente no seu negócio?

3 de dezembro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
Como usar o Pinterest na estratégia de Marketing Digital da sua empresa

Como usar o Pinterest na estratégia de Marketing Digital da sua empresa

2 de dezembro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
Como coletar first-party data usando conteúdos interativos?

Como coletar first-party data usando conteúdos interativos?

1 de dezembro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
notebook

Mídia espontânea com assessoria de imprensa

30 de novembro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
Cinco mudanças nas estratégias de entrada no mercado na economia pós-pandemia

Cinco mudanças nas estratégias de entrada no mercado na economia pós-pandemia

20 de novembro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
Tecnologias que vão mudar a gestão do marketing e experiência do cliente

Tecnologias que vão mudar a gestão do marketing e experiência do cliente

19 de novembro de 2020 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

abc