Please enable JS

Blog

simples_nacional

Simples Nacional x CST de PIS e COFINS

2 de setembro de 2019 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO

Será que a empresa optante pelo Simples Nacional na condição de ME ou EPP precisa se preocupar com o PIS e a Cofins?

As empresas optantes pelo Simples Nacional recolhem através de uma única guia (DAS) vários tributos: ICMS próprio, ISS, IPI, IRPJ, CSLL, PIS, COFINS e CPP.

Mas a empresa do Simples Nacional deve usar qual Código da Situação Tributária – CST de PIS e Cofins no documento fiscal?

É comum a emissão incorreta de documentos fiscais e também cálculo do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – DAS a maior ou menor.

Quando o assunto é regra fiscal, qualquer empresa precisa conhecer as regras tributárias antes de iniciar suas operações, independentemente do regime tributário.

Assim, a empresa optante pelo Simples Nacional precisa saber antes de emitir a nota fiscal de venda de mercadorias, por exemplo, qual é a regra de tributação da operação.

Portanto, ainda que optante pelo Simples Nacional, a empresa precisa se preocupar com as regras de tributação do PIS e da COFINS, além dos demais tributos.

Antes de enquadrar uma empresa no Simples Nacional, estude as regras tributárias e fiscais da atividade e operação, não se restrinja apenas à Lei Complementar nº 123/2006.

Você sabia?
Nem sempre o PIS e a Cofins serão calculados no Simples Nacional, ainda que sejam é necessário observar o Código da Situação Tributária destas contribuições que constam da Instrução Normativa nº 1.009 de 2010 e devem ser informadas na Nota Fiscal eletrônica, modelo 55 além de outros documentos fiscais.

Vamos aos exemplos:

Simples Nacional - CST de PIS e COFINS

O que significa o CST 49, 02, 04 e 08 na apuração do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – DAS?

Simples nacional efeito do CST no cálculo da DAS

Nem todos os CST de PIS e COFINS da Instrução Normativa nº 1.009 de 2010 podem ser utilizados pelas empresas optantes pelo Simples Nacional.

Vai emitir documento fiscal de saída? Confira o CST de PIS e Cofins:

CST PIS e Cofins tabela 2 e 3

O CST 06, por exemplo – Receita Tributada a alíquota zero não alcança o Simples Nacional! Porque este benefício da alíquota zero (Lei nº 10.925/2004) não contempla o Simples Nacional.

Antes de iniciar as operações, faça um mapa, cadastre corretamente as regras fiscais das operações, consulte o CST de PIS e COFINS da Instrução Normativa nº 1.009 de 2010, que também se aplica às receitas das empresas optantes pelo Simples Nacional.

Enfim, o Simples Nacional precisa de atenção ao cadastro das operações. Fique atento às regras fiscais e tributárias e evite equívocos. Invista no saneamento das operações e cadastro dos produtos.

Fonte: Siga o Fisco

Posts relacionados

Pix: Receita pode vigiar saldos dos contribuintes

30 de novembro de 2020 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO
Receita e CNJ dão o primeiro passo para melhorar a eficiência do contencioso tributário

Receita e CNJ dão o primeiro passo para melhorar a eficiência do contencioso tributário

27 de novembro de 2020 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO
STF nega incidência de ICMS em venda

STF nega incidência de ICMS em venda

26 de novembro de 2020 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO
Receita Federal lança novo serviço focado no CPF

Receita Federal lança novo serviço focado no CPF

26 de novembro de 2020 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO
Proposta prevê renegociação de dívidas tributárias para minimizar impacto da pandemia

Proposta prevê renegociação de dívidas tributárias para minimizar impacto da pandemia

25 de novembro de 2020 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO

DIRF: Receita divulga novas regras para declaração de 2021

24 de novembro de 2020 / Inteligência Fiscal / por Comunicação Krypton BPO

abc